Banner coleta seletiva 1920x560

Estruturação de Programa de Coleta Seletiva

Fazer aulas grátis Matricule-se agora por R$ 130,00
  • Aula 1
    Grátis
    • Fundamentação à Estruturação da Coleta Seletiva
    • Sumário
  • Aula 2
    • A Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010): Embasamento à Efetivação da Coleta Seletiva dos Resíduos Sólidos Urbanos
    • Sumário
  • Aula 3
    • Responsabilidade Compartilhada: O Papel do Gerador e das demais Organizações na Gestão dos Resíduos Sólidos
    • Sumário
  • Aula 4
    • O Ciclo do Consumo e a Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos – RSU. Do Consumo ao Pós-Consumo
    • Sumário
  • Aula 5
    • A Organização dos Catadores: Vulnerabilidades e os Princípios que regem as Associações e as Cooperativas de Catadores
    • Sumário
  • Aula 6
    • Cooperativas e Associações de Catadores: Estruturação, Desafios e Oportunidades
    • Sumário
  • Aula 7
    • Sistema Organizacional das Cooperativas/ Associações de Catadores: Arranjo e Estruturação Conforme Legislação
    • Sumário
  • Aula 8
    • Elaboração de Projetos Ambientais tendo como Escopo o Trabalho Desenvolvido pelas Cooperativas e Associações de Catadores
    • Sumário
    • Manual Normas ABNT Escrita de Projetos, 2017
    • Projeto Rotary - COOPERVIVA - Exemplo, 2017
  • Aula 9
    • Sistema de Gestão Ambiental em Cooperativas/Associações de Catadores
    • Sumário
    • Tese Internalização dos conceitos da ISO 14.001 em Cooperativa de Catadores. o caso da cooperativa de Rio Claro-SP
  • Aula 10
    • Case de Sucesso nas Ações Relacionadas às Coleta Seletiva
    • Sumário

Descrição do curso

O curso aborda os aspectos da geração dos resíduos sólidos em nosso dia a dia, problemas atuais ocasionados pelo aumento do consumo em nossa sociedade (sobretudo no meio urbano) e, consequentemente, o impacto negativo pós-consumo. Também dá atenção aos principais aspectos da Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS (Lei 12.305/2010): geração dos resíduos, disposição adequada, responsabilidade compartilhada e ciclo de vida dos produtos.

Outro aspecto importante é o papel do catador de material reciclável em nossa sociedade: estruturação adequada da organização, fundamentação de empreendimentos denominados de cooperativas/associações de catadores (conforme também estipulado na Lei), arranjos de tais empreendimentos e como devemos pensar em sua estrutura para que, de fato, possam funcionar adequadamente.

Além disso, o curso proporciona a base para elaborar projetos ambientais oriundos de editais públicos ou privados, bem como a estruturação de programas de coleta seletiva nos municípios. Por fim, o curso enfatiza a importância da filosofia da ISO 14.001, sua utilização à estruturação de empreendimentos constituídos por catadores e cases de sucesso relacionados à coleta seletiva.

Categoria: Resíduos Sólidos

Informações gerais

Conteúdo
  • » Aula 1 - Fundamentação à Estruturação da Coleta Seletiva
  • • Temas abordados: introdução aos conceitos de gestão e de gerenciamento de Resíduos Sólidos, conceitos da coleta seletiva e introdução às legislações pertinentes.
  • • Objetivos da aprendizagem:
  • 1) Dar uma noção geral dos conceitos que abrangem a gestão e o gerenciamento dos Resíduos Sólidos;
  • 2) Fornecer ao participante conhecimentos básicos e gerais sobre a coleta seletiva;
  • 3) Construir conceitos fundamentais à compreensão do universo da gestão dos resíduos sólidos referindo-se aos diversos conceitos científicos, sobretudo na coleta seletiva de materiais recicláveis.
  • » Aula 2 - A Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010): Embasamento à Efetivação da Coleta Seletiva dos Resíduos Sólidos Urbanos
  • • Temas abordados: introdução à Política Nacional de Resíduos Sólidos – Lei 12.305/2010, diferenciação de resíduos e rejeitos, principais estratégias no gerenciamento do RSU pautadas na Lei 12.305/2010 – Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).
  • • Objetivos da Aprendizagem:
  • 1) Abordar os principais tópicos da PNRS;
  • 2) Apresentar conceitos de diferenciação de resíduos e rejeitos;
  • 3) Propiciar ao participante o entendimento da PNRS, bem como seu impacto na gestão e no gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos.
  • » Aula 3 - Responsabilidade Compartilhada: o papel do gerador e das demais Organizações na Gestão dos Resíduos Sólidos
  • • Temas abordados: conceitos inerentes à Responsabilidade Compartilhada conforme a PNRS, Responsabilidade Compartilhada pelo Ciclo de Vida do produto, Responsabilidade Compartilhada como estratégia para o gerenciamento de Resíduos Sólidos Urbanos – RSU.
  • • Objetivos da aprendizagem:
  • 1) Identificar os principais aspectos da Responsabilidade Compartilhada, bem como do Ciclo de Vida do produto na gestão e no gerenciamento dos Resíduos Sólidos Urbanos - RSU;
  • 2) Apresentar conceitos que possibilitem ao participante a compreensão da responsabilidade subjetiva de todos os atores envolvidos na geração de Resíduos Sólidos Urbanos - RSU;
  • 3) Propiciar o entendimento da Responsabilidade Compartilhada conforme a Lei 12.305/2010.
  • » Aula 4 - O Ciclo do Consumo e a Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos – RSU. Do Consumo ao Pós-Consumo.
  • Temas abordados: A questão central do ciclo do consumo, Reutilização dos resíduos, ciclo produtivo, disposição adequada dos rejeitos e resíduos.
  • • Objetivos da aprendizagem:
  • 1) Apresentar conceitos que englobem o entendimento holístico da cadeia de Resíduos Sólidos Urbanos - RSU;
  • 2)Propiciar ao participante o entendimento do ciclo produção-consumo na cadeia de RSU.
  • » Aula 5 - A Organização dos Catadores: Vulnerabilidades e os Princípios que regem as Associações e as Cooperativas de Catadores
  • • Temas abordados: a importância do trabalho do catador, princípios do trabalho associativista e cooperativista, a estruturação dos catadores, por meio de cooperativas ou de associações de catadores, contextualização histórica das práticas desenvolvidas por tais sujeitos pautada na Política Nacional de Resíduos Sólidos.
  • • Objetivos da aprendizagem:
  • 1) Discutir e pontuar as fragilidades existentes nos empreendimentos constituídos por catadores, bem como possibilitar o entendimento sobre os aspectos que englobem o bom desempenho do trabalho desenvolvido por tais trabalhadores;
  • 2) Fornecer ao participante a compreensão dos meios necessários à otimização da coleta seletiva, considerando os princípios do cooperativismo.
  • » Aula 6 - Cooperativas e Associações de Catadores: Estruturação, Desafios e Oportunidades
  • • Temas abordados: conceituação do modelo cooperativista e associativista, contexto histórico da organização dos catadores por meio de cooperativas e/ou associações de catadores, legislações que embasam a coleta seletiva no Brasil.
  • • Objetivos da aprendizagem:
  • 1) Possibilitar o entendimento das questões que envolvem a organização social dos trabalhadores por meio de cooperativas e de associações de catadores;
  • 2) Abordar os principais aspectos do trabalho do catador organizado em cooperativas e/ou associações de catadores conforme a PNRS e demais legislações;
  • 3) Discutir os entraves e as potencialidades desses empreendimentos na sociedade urbana.
  • » Aula 7 - Sistema Organizacional das Cooperativas/Associações de Catadores: Arranjo e Estruturação Conforme Legislação
  • • Temas abordados: arranjo e organicidade dos empreendimentos constituídos de catadores de materiais recicláveis: física e humana, legislações que norteiam o trabalho das cooperativas/associações de catadores.
  • • Objetivos da aprendizagem:
  • 1) Propiciar discussões sobre as estratégias organizacionais das cooperativas e/ou associações de catadores, considerando as diversas vulnerabilidades existentes no cotidiano de tais empreendimentos;
  • 2) Apresentar as principais legislações que embasam o trabalho das cooperativas/associações de catadores.
  • » Aula 8 - Elaboração de Projetos Ambientais tendo como Escopo o Trabalho Desenvolvido pelas Cooperativas/Associações de Catadores
  • Temas abordados: qualidade e confiabilidade ao desempenho das atividades de coleta seletiva, estruturação de projetos à consolidação de empreendimentos constituídos por catadores.
  • • Objetivos da aprendizagem:
  • 1) Abordar os principais tópicos para o embasamento de projetos a fim de angariar recursos advindos de editais públicos e privados;
  • 2) Fornecer ao participante o entendimento necessário à construção e à estruturação de projetos socioambientais.
  • Material de Apoio: Manual Norma ABNT Escrita de Projetos, 2017 / Projeto Rotary - COOPERVIVA - Exemplo, 2017.
  • » Aula 9 - Sistema de Gestão Ambiental em Cooperativas/Associações de Catadores
  • • Temas abordados: introdução aos preceitos do SGA – Sistema de Gestão Ambiental, visão geral da normativa ISO 14.001.
  • • Objetivos da aprendizagem:
  • 1) Conceituar e abordar os principais aspectos da ISO 14.001, bem como sua aplicabilidade no contexto das cooperativas e/ou associações de catadores;
  • 2) O encontro objetiva abordar os principais aspectos da normativa à melhora na gestão dos empreendimentos constituídos por catadores à efetividade da coleta seletiva.
  • Material de apoio: Tese - Internalização dos conceitos da ISO 14.001 em Cooperativa de Catadores. O caso da cooperativa de Rio Claro/SP - https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/10731
  • » Aula 10 - Case de Sucesso nas Ações Relacionadas à Coleta Seletiva
  • • Objetivo: apresentar ao estudante práticas inerentes à coleta seletiva desenvolvida por catadores e que são referências na temática trabalhada no decorrer do curso.
Objetivo

Capacitar profissionais, estudantes, funcionários públicos e trabalhadores das demais organizações nos aspectos inerentes à gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos - RSU, sobretudo os resíduos sólidos recicláveis. As aulas objetivam, ainda, abordar as estratégias para o gerenciamento dos RSU com base na implementação de programa de coleta seletiva, considerando os aspectos legais existentes, bem a participação de empreendimentos cooperativistas e/ou associativista constituídos de catadores de materiais recicláveis. Ademais, propiciará aos participantes o entendimento geral dos conceitos da ISO 14.001, sobretudo os princípios que englobem a implantação do sistema de gestão ambiental em cooperativas e/ou associações de catadores, a fim de possibilitar maior efetividade nos programas de coleta seletiva municipais.

Público-alvo

Profissionais, estudantes, funcionários públicos e trabalhadores que atuam ou desejam atuar com coleta seletiva.

Metodologia

Entendimento dos principais aspectos e conceitos da gestão adequada dos resíduos sólidos, aplicabilidade dos conceitos que serão abordados no dia a dia, compreensão da necessidade da gestão adequada dos Resíduos Sólidos, embasamento para a organização de programa de coleta seletiva no ambiente que o estudante está inserido.

Professores

Prof. Dr. Valdemir dos Santos de Lima

Graduado em Gestão e Saneamento Ambiental, mestre e doutor pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia Urbana / Universidade Federal de São Carlos – UFSCar.

Durante a graduação atuou na Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento e Meio Ambiente – SEPLADEMA junto à Cooperativa de Trabalho dos Catadores de Material Reaproveitável de Rio Claro/SP – COOPERVIVA. As ações abordaram as temáticas inerentes à gestão de pessoas e à gestão organizacional. Durante o mestrado e o doutorado, atuou na linha de pesquisa: Gestão de Pessoas em Sistemas de Saneamento, resultando na dissertação intitulada: “Estratégias para Gestão de Pessoas e Economia Solidária: O Estudo da Cooperativa de Trabalho dos Catadores de Material Reaproveitável de Rio Claro/SP” e na tese intitulada "Internalização dos Conceitos da ISO 14.001 em Cooperativa de Catadores – O Caso da Cooperativa de Rio Claro/SP”, bem como nas ações de fortalecimento do empreendimento nas esferas social, ambiental e econômica.

Desse modo, a partir de projetos submetidos às instituições privadas, governamentais e não-governamentais, a pesquisa possibilitou a melhora infraestrutural da instituição, sobretudo a valorização do trabalhador pertencente à cooperativa. Ainda, desenvolveu pesquisas relacionadas à economia solidária no Instituto de Geografia e Ciências Exatas / Laboratório de Estudos Territoriais – IGCE / UNESP por meio do convênio celebrado junto à Prefeitura Municipal de Rio Claro – Secretaria Municipal de Assistência Social. Nessa ocasião, foi coordenador do Programa Municipal de Economia Solidária e presidente do Conselho Municipal de Economia Solidária.

Lecionou na educação profissional e tecnológica, bem como na educação superior em cursos de graduação e programas de pós-graduação. Atualmente é professor e Coordenador Acadêmico do Instituto de Educação e Ensino Superior de Campinas – IESCAMP e integrante do Banco de Avaliadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP (PORTARIA n° 430, de 29 de maio de 2018).

Banner coleta seletiva 960x540